Cruzeiro e Grêmio se enfrentam pela Série B
Futebol, Futebol Nacional, Notícias, Séries

Fique por dentro do jogo entre Cruzeiro e Grêmio pela série B neste domingo (08/05)

Pâmela Dias

Neste duelo contra o Grêmio, além de ter ganhado apenas dois de onze jogos com a arbitragem que acompanhará o jogo, o Cruzeiro também conta com um grupo de cinco ex-jogadores que disputarão contra o time pela série B.


Para todos os cruzeirenses, cada jogo na série B do Campeonato Brasileiro pode ser decisório na luta pelo acesso. Por isso, nesse domingo (08/05), o clube celeste encara o Grêmio em partida importante, que deve ser vista como fundamental para a aspiração de crescimento e sucesso que rondeia o Cruzeiro atualmente.

Os torcedores podem se agarrar às duas vitórias seguidas que o time teve, que pode ser constante, além de serem mandantes no clássico, que ocorrerá no Independência. Contudo, o time gaúcho pode ser um grande concorrente direito por uma das vagas, além de ser um sério candidato pelo título. 

Sem dúvidas, o jogo de domingo será um clássico de gigantes e, sabemos que, para o Cruzeiro, o Grêmio é um adversário a ser derrotado, mas, para isso, muita bola terá que rolar nesse dia de muitas emoções. 

Nessa partida, o Cruzeiro não se apresenta em grande vantagem apesar de sua boa sequência de jogos. Isso porque o Grêmio está acostumado a jogar fora de casa e, pelo enorme apoio que está recebendo de sua torcida, provavelmente lotará o estádio, o que todos sabem que influencia na decorrência do jogo, no psicológico dos jogadores e na motivação. Além disso, a Raposa venceu apenas duas das onze partidas que a arbitragem que acompanhará o jogo participou, sem contar com o legado de ex-atletas cruzeirenses que jogarão contra o grupo celeste.

O arbitrário Flávio Rodrigues de Souza apitou em 11 partidas da Raposa desde 2015.

Para os torcedores mais supersticiosos com a arbitragem do jogo, essa partida pode ser difícil pela formação da arbitragem por Flávio Rodrigues de Souza. Este que esteve presente em onze jogos do Cruzeiro, onde somente duas foram vitória, um foi empate e oito foram derrotas do clube celeste.

Flávio Rodrigues, em seus 41 anos, atua como arbitrário da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) desde 2011 e, para os cruzeirenses, pode ser sinal de azar. Os primeiros jogos de Flávio com o Cruzeiro ocorreu em 2015, na partida contra o Coritiba, em que o grupo celeste venceu por 2 a 0 e, em 2017, contra o Chapecoense que também foi vitória, por 1 a 0. A partir dessa constante sorte, o declínio foi certo: a derrota por 4 a 1 para o Fluminense, no Brasileirão de 2019 e os 2 a 0 para o Atlético na Copa do Brasil.

Flávio Rodrigues de Souza vai apitar no jogo entre Cruzeiro e Grêmio (Foto: César Greco/Agência Palmeiras/Divulgação)

Veja o histórico do arbitrário com time:

27/9/2015 — Brasileirão 2015 – Cruzeiro 2 a 0 Coritiba
03/5/2017 — Copa do Brasil 2017 – Cruzeiro 1 a 0 Chapecoense
23/7/2017 — Brasileirão 2017- Avaí 1 a 0 Cruzeiro
22/4/2018 — Brasileirão 2018 – Fluminense 1 a 0 Cruzeiro
24/10/2018 — Brasileiro 2018 – Cruzeiro 0 a 2 Ceará
18/5/2019 — Brasileirão 2019- Fluminense 4 a 1 Cruzeiro
17/7/2019 — Copa do Brasil 2019 – Atlético 2 a 0 Cruzeiro
4/9/2019 — Copa do Brasil 2019 – Internacional 3 a 0 Cruzeiro
24/1/2021 — Série B 2020- Cruzeiro 0 a 0 Náutico
26/9/2021 — Série B 2021- Cruzeiro 1 a 2 CSA
22/10/2021 — Série B 2021 – Avaí 1 a 0 Cruzeiro

Os torcedores esperam que, nesse duelo tão decisório para o Cruzeiro, essa superstição ligada a arbitragem se desmanche e o time se mantenha positivo durante a partida.

Legião Celeste presente no time tricolor

A escalação do próximo jogo contará com um grupo de cinco ex-atletas do Cruzeiro, entre eles, três devem ser titulares como Diogo Barbosa, Lucas Silva e Diego Souza. Além disso, o lateral Edílson e o atacante Jhonata Robert.

Apesar de alguns deles terem sido bem sucedidos no Cruzeiro e ganhado prêmios importantes, nem todos os jogadores deixam saudades nos torcedores mais fanáticos. Conheça agora a trajetória de cada um deles no Cruzeiro e o que esperar na disputa contra o time azul nesse momento: Diego Souza foi anunciado em novembro de 2012, atuando no grupo durante seis partidas, onde fez somente um gol. Em julho de 2013, trocou o time pelo Metalist, da Ucrânia. Atualmente, encontra-se com 36 anos e não está nas melhores da forma física, contudo, é considerado o titular absoluto do Grêmio e referência quando o assunto é ofensiva nos campos.

Lucas Silva desempenhou um grande papel no clube celeste durante 2011 a 2014, onde teve sua oportunidade aos 19 anos e, no auge da sua capacitação, tornou-se titular. Participou e foi bicampeão brasileiro (2013 e 2014) e campeão estadual de 2014, todavia, em 2015, foi vendido ao Real Madrid. Hoje, sob o comando de Roger Machado, também é titular no Grêmio.

Diogo Barbosa teve uma passa efêmera no Cruzeiro, onde atuou em 2017 e alternou entre maus e bons momentos. Seu maior título pela raposa foi a Copa do Brasil e, apesar de ter um contrato de três anos, foi vendido ao Palmeiras no final da temporada. No Grêmio, atua como reserva de Nicholas, mas deve desempenhar seu papel de titular contra o Cruzeiro pela expulsão do principal jogador na partida contra o CRB.

Edílson teve sua carreira no grupo celeste entre 2018 a 2020, onde também foi titular, campeão estadual e vencedor da Copa do Brasil em 2018, assim como campeão mineiro em 2019. Apesar do sucesso, sua performance foi deixando a desejar com o passar do tempo e sua condição física foi questionada pela torcida, tanto que, entre outros jogadores, foi um dos considerados a rebaixar o Cruzeiro à Série B em 2019. No Grêmio, atua como titular e passa por cuidados médicos por uma contusão muscular.

Jhonata Robert atuou no Cruzeiro em 2020, quando saiu do Tricolor para a Toca da Raposa, contudo, sua estadia foi bem rápida e pouco produtiva: em sete partidas, fez somente um gol. Em menos de seis meses depois, Jhonata retornou ao Grêmio pela solicitação do próprio time. Com Roger Machado, tem sido tratado como um ‘reserva de luxo’, utilizado poucas vezes na temporada.

Diego Souza chegou com grandes expectativas aos cruzeirenses, mais saiu entre vaias ao mudar para o Metalist (Foto: WASHINGTON ALVES/VIPCOMM)

Desejamos boa sorte para ambos os times, que façam história no Independência! 

Pâmela Dias

Apaixonada por futebol desde criança, hoje tenho a oportunidade de escrever sobre ele. Gosto de ver jogos em bares, usar meu boné da sorte e vibrar quando um gol é feito. Sou atleticana de coração.
Ler todas as publicações de Pâmela Dias
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments