Futebol, Futebol Nacional, Notícias

Apesar da pressão dos torcedores, Rodrigo Caetano, diretor executivo do Atlético, garante Turco Mohamed como técnico do time.

Pâmela Dias

A volta do baixo desempenho do Atlético e a pressão dos torcedores nas redes sociais sobre Turco Mohamed fez Rodrigo Caetano se posicionar e garantir o cargo do atual técnico após fase ruim do clube atleticano.


Atualmente, os atleticanos se acostumaram com a série de bom desempenho e bons jogos pelo time atleticano que, desde 2021, não vem decepcionando a torcida no Campeonato Brasileiro, quando conquistou o título após 50 anos. A baixa que houve na atuação do Galo está caindo nas costas do atual técnico do time, Turco Mohamed, que está sofrendo ataques e pressão pelas redes sociais.

O empate de 1 a 1 que ocorreu na quarta-feira (11/05) contra o Bragantino até demonstrou uma melhoria na atuação da equipe, contudo, expôs um quadro negativo de vitória que não ocorria há mais de um ano e meio com o time atleticano.

A última vitória alvinegra somado no Brasileirão aconteceu na segunda rodada, há mais de três semanas, com a vitória do Galo contra o Athletico-PR por 1 a 0 na Arena da Baixada. Após essa jogada, o Atlético empatou mais duas vezes com om Coritiba (2 a 2) e Goiás (2 a 2), perdeu para o América-MG (1 a 2) e voltou ao placar de igualdade com o Bragantino (1 a 1). Na tabela, o Atlético Mineiro soma nove pontos na tabela e se encontra na sexta posição.

Estou muito comprometido“, afirma o técnico Turco Mohamed, que tem como seu maior objetivo voltar a trilhar o caminho de vitórias.

Após o baixo desempenho do Atlético nas últimas semanas, Turco Mohamed está comprometido com o time e afirma ter apoio da diretoria e jogadores.

Apesar da pressão vinda dos torcedores mais próximos do time, o técnico afirma que possui o apoio da diretoria do Atlético Mineiro e também dos jogadores: “Tivemos derrota e empates, somos conscientes que temos que melhorar. A equipe deu mostra que irá subir. Estamos unidos, juntos, temos muita experiência nisso. Não estou preocupado, estou muito comprometido com Atlético.”

O próximo jogo do Galo que acontece esse sábado (13/05) contra o Atlético-GO pelo Brasileiro será a chance de demonstrar a determinação do técnico na melhoria do desempenho do time e rechaçar as críticas que recebe neste momento.

Todavia, nem tudo pode ser colocado nas costas de Mohamed, que afirmou na coletiva de imprensa após o 1 a 1 no Nabi Abi Chedid, sobre o desgaste mental da sequência de jogos. Tudo isso influencia bastante performance dos jogadores nos campos e na sua relação com os jogadores que, agora, precisam apoiar o clube.

Rodrigo Caetano, diretor executivo do Galo, garante Turco Mohamed no cargo mesmo após a fase ruim do Atlético Mineiro

Em coletiva realizada pelo canal GaloTV, Rodrigo Caetano garantiu a blindagem de Turco Mohamed, que passa pela sua maior instabilidade do time até então. Conforme a entrevista realizada, o diretor executivo afirmou a total confiança ao trabalho: “A nossa convicção e confiança é total no trabalho que tem sido feito. Seja pelos resultados obtidos até agora. Seja também pela metodologia de trabalho, pelo ambiente. Todos os fatores nos levam a crer que, apesar dos quatro jogos sem vitória, pelo grupo que temos, pela comissão técnica que temos, pelos profissionais que temos, nós vamos nos preparar muito para que já no sábado já voltemos a vencer.”

Além disso, declarou como covardia os ataques ao técnico por apenas duas derrotas que o time sofreu até agora e como são interpretadas os trabalhos no futebol brasileiro atualmente: “Por isso que a gente vê um eterno recomeço em boa parte dos clubes. A gente sempre falou que com a chegada dele nós daríamos continuidade, e vamos seguir assim.”

A maior desvantagem que o clube sofre são as fortes pressões advindas das redes sociais pelos próprios torcedores e, Rodrigo Caetano declarou também que a equipe interna deve permanecer forte frente às críticas e não deixar influenciar no rendimento da organização do clube.

 

Rodrigo Caetano afirma sua posição a favor de Turco Mohamed e declara a soberba da atual torcida atleticana.

O diretor executivo acredita que a sequência positiva do Galo criou uma cera “soberba” na torcida atleticana que, agora, não aceitam ser abatidos em temporadas mais difíceis: “Essas soberba nos induz aos erros. E essa não é a característica do Galo. A torcida do Galo tem outra característica, completamente diferente. De apoio, de colocar o seu time no colo, de empurrar. Foi sempre assim e isso está na história. Então não vamos nos comparar a outras determinadas torcidas que pensam que o seu time não tem direito de perder, e incorporam essa soberba.”

Para finalizar, Caetano também não vê acomodação por parte da equipa, uma vez que o grupo vem de uma temporada quase perfeita, em 2021 onde disputou e ganhou o Mineiro e Supercopa do Brasil. 

Desejamos que o clube atleticano vença esse momento de instabilidade e vá para cima! Avante, Atlético Mineiro! 

 

 

Pâmela Dias

Apaixonada por futebol desde criança, hoje tenho a oportunidade de escrever sobre ele. Gosto de ver jogos em bares, usar meu boné da sorte e vibrar quando um gol é feito. Sou atleticana de coração.
Ler todas as publicações de Pâmela Dias
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments