Alisson vibra com vitória. Foto: Reprodução/Liverpool
Futebol, Futebol Internacional

Em busca do bi! Alisson vibra com grande vitória do Liverpool sobre o Villarreal e vaga na decisão da Champions League

Siga-nos

De virada, Reds voltaram a derrotar o Submarino Amarelo, dessa vez, na Espanha, pelo placar de 3 a 2, e agora encaram Manchester City ou Real Madrid, no próximo dia 28, no Stade de France; Alisson vibra com vitória!


O Liverpool está, mais uma vez, na final da Champions League. Três anos depois do título conquistado na temporada 2018/19, o time comandado por Jürgen Klopp tem a possibilidade de levantar a orelhuda pela sétima vez em sua história, no próximo dia 28 de maio, no Stade de France. A vaga na decisão da atual edição do torneio mais importante de clubes da Europa foi confirmada com nova vitória sobre o Villarreal, na semifinal. Após sair perdendo por 2 a 0, a equipe reagiu e virou pra 3 a 2, no Estádio de la Cerámica, nesta terça-feira (3).

Depois do triunfo de 2 a 0, no Anfield, a classificação dos Reds era dada como praticamente certa por muitas pessoas, mas o que se viu com a bola rolando foi totalmente diferente. O time inglês foi para o intervalo perdendo pelo mesmo placar do jogo da ida, graças aos gols de Dia e Coquelin. No segundo tempo, porém, a equipe reagiu e conseguiu a virada, com tentos de Fabinho, Mané e Luis Díaz.

Alisson vibra com vitória

Ídolo e um dos principais jogadores na história recente do Liverpool, Alisson enalteceu o segundo tempo, falou sobre a expectativa de disputar mais uma decisão do torneio e de ter a chance de ser campeão da competição com a camisa do clube pela segunda vez .

”A gente sabia que seria uma partida bem complicada. Apesar de termos vencido por 2 a 0, no primeiro jogo, tínhamos a consciência de que o Villarreal é um time bem perigoso e não chegou até a semifinal por acaso. Tomamos dois gols no primeiro tempo e tivemos muito mérito por nos mantermos com a cabeça tranquila e focados no nosso objetivo. Voltamos para o segundo tempo e conseguimos impor o nosso ritmo. Todo mundo está de parabéns e agora vamos para mais uma final deste torneio tão difícil e equilibrado”, afirmou o camisa 1.

O adversário da decisão, marcada para o dia 28 de maio, em Paris, sairá do confronto entre Real Madrid e Manchester City, nesta quarta-feira (4), no Santiago Bernabéu. No primeiro duelo, os Citizens venceram por 3 a 2.

”Independentemente do adversário da decisão, sabemos que será mais uma partida histórica, equilibrada e muito difícil. Não preciso apontar as qualidades do Manchester City ou do Real Madrid porque são dois clubes gigantes e que possuem elencos fortíssimos. Vamos nos preparar para fazer mais um grande jogo e, assim como foi contra o Tottenham, espero que a gente possa sair com o título. Mas, até lá, temos outras duas taças em disputa e queremos muito conquistá-las. Então, como sempre venho falando, vamos focar sempre no próximo passo”, completou Alisson.

Além da Champions, o Liverpool segue muito vivo na briga por outros dois títulos na temporada. Os Reds enfrentarão o Chelsea, no dia 14 de maio, pela decisão da Copa da Inglaterra, e estão disputando ponto a ponto com o Manchester City o título da Premier League. No sábado, dia 7 de maio, a equipe, segunda colocada na tabela de classificação, com 82 pontos, um a menos do que os Citizens, recebe o Tottenham, pela 35ª rodada.

Papel de destaque no elenco

Em sua quarta temporada no Liverpool, Alisson já realizou 178 partidas pelo clube, passou 83 delas sem sofrer gols, possui uma excelente média de 0,78 tento sofrido por duelo (foi vazado 140 vezes) e conquistou quatro títulos: Champions League 2018/19, Mundial de Clubes de 2019, Premier League 2019/20 e a Copa da Liga Inglesa no mês passado.

O goleiro, reconhecido por suas grandes defesas, também se destacou em de outras maneiras com a camisa dos Reds. No dia 16 de maio de 2021, marcou um gol histórico, de cabeça, na vitória de 2 a 1 sobre o West Bromwich. Além disso, contabiliza duas assistências pelo clube, ambas para Salah, sendo, uma diante do Manchester United, na Premier League 2019/20, e outra, mais recente, no triunfo de 3 a 1, contra o Norwich, pela atual edição da competição nacional.

Alisson ainda ganhou diversos prêmios individuais graças ao seu grande desempenho em campo. Na temporada 2018/19, entrou para a história ao ser o primeiro brasileiro a conquistar o troféu Golden Glove, depois de permanecer 21 jogos sem buscar a bola no fundo do próprio gol na Premier League. De quebra, ainda superou o recorde de Pepe Reina, de 20 partidas, obtido em 2005/06, tornando-se o recordista no quesito pelos Reds em uma mesma edição da competição.

Entre 2019 e 2020, Alisson foi eleito o melhor goleiro do mundo pelo Globe Soccer Awards, Uefa e Fifa.O arqueiro também já conquistou o prêmio Samba de Ouro, em 2019, dado ao melhor jogador brasileiro atuando na Europa, também levou o troféu de melhor atleta da posição, na vitoriosa campanha do Brasil, na Copa América de 2019, e ainda foi o grande vencedor da primeira edição do Troféu Yachine, a Bola de Ouro dos goleiros, elaborado pela tradicional revista France Football.

Em 2020, o camisa 1 também acabou sendo o brasileiro mais bem ranqueado em votação da revista inglesa World Soccer, ao ficar na sétima posição, e entrou para a seleção ideal da Fifa, montado pela FIFPro (Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol).

Fut Content

Conteúdo jornalístico na palma da sua mão. Confira os destaques do futebol e veja o que os jogadores, técnicos e jornalistas têm a dizer sobre o dia a dia do maior esporte do planeta.
Ler todas as publicações de Fut Content
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments