Markão. Foto: Sina Sports
Futebol, Futebol Internacional

Artilheiro e campeão! Markão faz história na Ásia como protagonista do título do Wuhan Three Towns na Superliga Chinesa e média superior a um gol por jogo

Principal nome da equipe desde 2021, centroavante brasileiro se tornou o segundo jogador a ser o maior goleador tanto do Campeonato Chinês quanto do Coreano. Markão comenta.


Aos 28 anos, Markão vive um dos momentos mais especiais de sua carreira. O atacante brasileiro acaba de ser campeão da Superliga Chinesa, como protagonista da incrível e histórica campanha do Wuhan Three Towns, sendo, inclusive, artilheiro da competição, com 27 gols em 26 partidas, média superior a um tento por duelo. Além disso, com duas assistências, totalizou 29 participações diretas nos 1664 minutos em que esteve em campo na temporada, ou seja, uma a cada 57,3 minutos.

É inegável, 2022 foi especial para Markão. Dos 26 jogos em que atuou, sendo 20 como titular, balançou as redes em 17 deles e ainda serviu seus companheiros outros dois. Nesse tempo, foi notícia em várias ocasiões, como quando anotou um poker-trick e, antes, um hat-trick. Isso sem falar no golaço, de bicicleta, digno de concorrer ao Prêmio Puskás.

Tudo isso foi fundamental para que o Wuhan Three Towns escrevesse história, justamente no momento mais difícil do país. Fundado em 2016 e tendo se profissionalizado apenas em 2019, o clube, sediado na cidade onde surgiu a pandemia do Covid-19 para o mundo, teve um crescimento absurdo. Foi campeão da terceira divisão em 2020, da segunda em 2021, já com o camisa 13 como destaque, e agora da principal competição da China.

“Muito feliz pelo excelente ano que tive e que ficará eternizado para sempre na minha memória. Qualquer atleta profissional sonha em conquistar títulos e deixar o seu nome marcado na história. Tivemos uma temporada bem desgastante, mas que termina de forma incrível, graças a dedicação e a persistência minha e dos meus companheiros”, afirmou Markão.

“Coletivamente, fizemos um grande campeonato e chegamos ao nosso objetivo, de forma merecida. Individualmente também vivi um 2022 espetacular e com momentos incríveis. Agradeço a Deus, a minha família e a todos aqueles que, em algum momento, estiveram comigo e me ajudaram a chegar até aqui”, completou.

Em um ano e meio atuando pelos Dragões, Markão já soma incríveis 39 gols e cinco assistências em 46 jogos disputados. Isso sem falar nos títulos da Liga Jia e da Superliga, além do incrível aproveitamento de 83,3% (37 vitórias, quatro empates e somente cinco derrotas).

Fazendo história na Ásia

Não é de agora que Markão vem se destacando. O grandalhão, de quase 2 metros de altura (1,96m), já brilha há alguns anos do outro lado do mundo. Revelado pelo Ituano, onde foi campeão Paulista de 2014, o centroavante se destaca na Ásia, desde 2017, quando foi contratado pelo Gyeongnam, da Coreia do Sul.

Por lá, logo em sua primeira temporada, foi o artilheiro e melhor jogador da divisão de acesso, com 22 gols em 32 partidas. No ano seguinte, com mais 26 bolas na rede em 31 duelos, não só foi o maior goleador e melhor jogador do Campeonato Sul-Coreano como comandou o Gyeongnam na campanha do vice-campeonato nacional.

Dessa forma, com passado vitorioso na Coreia do Sul e, hoje, principal jogador do futebol chinês, Markão passa agora a ser o segundo jogador a alcançar o feito de figurar nos rankings de maior goleador, tanto do Campeonato Chinês quanto do Coreano. O outro é o compatriota Júnior Negrão, artilheiro da Superliga, em 2021k, pelo seu atual clube, o Changchun Yatai, e antes, em 2020, do Coreano, quando vestia a camisa do Ulsan Hyundai.

Números expressivos de Markão na China

Antes de se tornar o grande atleta do Wuhan Three Towns, Markão foi contratado pelo Hebei Fortune, para atuar ao lado dos argentinos Mascherano e Lavezzi. Lá, o brasileiro foi o artilheiro do time, em 2019, com 11 gols em 27 jogos, e o terceiro maior goleador do Chinês, em 2020, balançando as redes outras 11 vezes, mas em 17 partidas.

Leia mais:

Na China, Markão acumula 62 gols em 93 partidas e mais 12 assistências. São 74 participações diretas, uma média de uma a cada 1,25 partida.

Daniel Dutra

Jornalista e fundador da PressFut. Também atua no SBT e na Rádio Tupi.
Ler todas as publicações de Daniel Dutra
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments