Modo Carreira Sunderland.
Futebol, Futebol Internacional

Modo Carreira Sunderland: Kyril Louis-Dreyfus assume o clube

Daniel Dutra
Siga-me

Como em um jogo de videogame, um jovem de 23 anos assume o comando do Sunderland com a missão de levar o tradicional clube inglês de volta para a elite do futebol. Saiba mais sobre o “Modo Carreira Sunderland”.


Localizado no nordeste da Inglaterra, o Sunderland é um tradicional clube de futebol da terra da rainha que leva o nome de sua cidade. Em sua história, conquistou os notáveis títulos do Campeonato Inglês (6), da Copa da Inglaterra (2) e da Supercopa da Inglaterra (1). Além desses títulos principais, conquistou também a Championship (5), e a League One (1).

Entretanto, os últimos anos não são nada felizes para a cidade que tem o Sunderland como religião. Em 2017, o clube foi rebaixado da Premier League para a Championship. O que para muitos, seria uma passagem rápida pela segunda divisão, tornou-se um pesadelo. Na temporada seguinte, o clube fechou uma parceria com a Netflix para lançar uma série documental acompanhando a luta do time para voltar à divisão de elite do futebol inglês. Por mais que tenha feito o maior sucesso, a série “Sunderland Til I Die” não viu até hoje, a retomada do clube, que acabou caindo para a terceira divisão.

Uma missão de videogame

Estamos em 2021 e o Sunderland continua na League One, que corresponde a terceira divisão do campeonato inglês. Por isso, Kyril Louis-Dreyfus, de 23 anos, comprou a maior parte das ações do clube, que pertenciam ao empresário Stewart Donald, agora minoritário. Filho de Robert Louis-Dreyfus, ex-presidente da Adidas e ex-dono do Olympique de Marselle, Kyril tem a missão de colocar o Sunderland na Championship e, depois, retornar à elite.

“Tenho orgulho de me tornar guardião desta estimada instituição, mas também reconheço a significativa responsabilidade que vem com isso. O dia de hoje marca o início de um novo capítulo empolgante na história do Sunderland e, embora o cenário atual que o futebol enfrenta indique que existam desafios a superar, estou confiante de que juntos podemos enfrentar a tempestade atual e criar bases sólidas para trazer sucesso de longo prazo para o clube”. – afirmou o novo presidente, em nota oficial.

O negócio foi aprovado pela Football League e já concede os direitos dos Black Cats, ao jovem empresário. Nascido na Suíça, Kyril Louis-Dreyfus possui uma fortuna estimada em £2 bilhões herdadas de seu pai. Ainda no ano passado, antes da aprovação da compra, Kyril assinou um comunicado prometendo uma “estratégia de longo prazo que integra as orgulhosas tradições do Sunderland com uma estrutura moderna e novas abordagens”. Além disso, prometeu inovação para aprimorar o desenvolvimento dos jogadores e o próprio estilo de jogo da equipe.

As fracassadas tentativas de promoção

Antes do rebaixamento, o Sunderland já não era um clube de destaque. Durante muito tempo, lutava para se manter na primeira divisão. Todavia, com a sequência de quedas do clube para a Championship e para a League One, o então presidente Ellis Short vendeu o comando do Sunderland para Stewart Donald em 2018. Mesmo com alta expectativa, Donald herdou enormes dívidas financeiras (cerca de R$ 1,5 bilhão) e as coisas não andaram. Por isso, ele dedicou os últimos anos a acertar as contas do clube enquanto procurava um novo dono.

Na temporada 2019, parecia que os Black Cats enfim conseguiriam retornar para a segunda divisão. Após chegar aos playoffs contra o Charlton, a equipe acabou perdendo, o que a manteve na terceira divisão. No ano passado, os alvirrubros sequer alcançaram a fase final da temporada. E agora, lutam novamente por uma vaga nos playoffs. Mas além do campeonato, existe uma chance de título. No dia 14 de março (domingo), o Sunderland enfrentará o Tranmere Rovers em Wembley, pela decisão da EFL Trophy.

Enquanto isso, Kyril Louis-Dreyfus assume oficialmente o comando do clube. Ou seja, o “modo carreira Sunderland” já começou. Contudo, como a temporada está em andamento, é difícil prever mudanças rápidas. A real expectativa diz respeito a próxima temporada.

Expectativas para o “Modo Carreira Sunderland”

"Sunderland até morrer" é o lema da cidade. Crédito: Divulgação/Sunderland
“Sunderland até morrer” é o lema da cidade. Crédito: Divulgação/Sunderland

“Sua visão e desejo de restaurar a glória de Sunderland eram claros desde o início e é por isso que acreditamos que é a melhor opção para o sucesso a longo prazo e sustentabilidade. O compromisso e a integridade de Kyril nos convenceram a aceitar sua proposta”. – Stewart Donald.

Com as contas em dia, Kyril assume um Sunderland diferente. Com muito tempo pela frente, o jovem de 23 anos terá trabalho para reestruturar o tradicional clube do nordeste. Brincadeiras à parte, o modo carreira Sunderland não é nem de perto, parecido com um jogo de videogame. Na função de dirigente, é preciso muita qualificação para encarar um desafio como esse. Certamente, o dinheiro que será injetado ajudará, contudo, a grande maioria dos clubes ingleses também possuem capital injetado.

Leia mais:

Ademais, cabe ao novo dono cumprir com suas promessas apresentadas ainda em dezembro de 2020. Enquanto isso, acompanharemos a luta do Sunderland pelas classificações nacionais. Quem sabe, nas próximas temporadas veremos uma série mais alegre e menos dramática.

Portanto, com a o “apoio da torcida até morrer”, Kyril Louis-Dreyfus terá uma cidade inteira torcendo por ele. Ou seja, como em um jogo de videogame, a aprovação já começa boa.

Daniel Dutra

Jornalista em formação e apaixonado por esportes. Juntei essas duas paixões para produzir conteúdo e valorizar a comunicação criando um portal para levar informação e gerar oportunidades.
Ler todas as publicações de Daniel Dutra
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments