Isla, novo reforço do Flamengo.
Futebol, Futebol Nacional

Isla: o substituto adequado para o Rafinha?

Daniel Dutra
Siga-me

Com a saída de Rafinha do Flamengo, o rubro-negro carioca foi imediatamente atrás de um substituto. Para ocupar a posição, a diretoria aposta no chileno Isla, que estava no Fenerbahçe da Turquia.


Rápido no mercado, o Flamengo anunciou a contratação do chileno Isla para a vaga de Rafinha, que foi negociado com o Olympiacos da Grécia. Isla estava no Fenerbahçe da Turquia, entretanto, por conta da pandemia, não aceitou reduzir seu salário para renovar e deixou o clube. Com isso, o Flamengo pôde contratar o jogador livre no mercado.

A questão que indaga o torcedor rubro-negro, é se o novo lateral será tão importante quanto o antigo. Resumindo, podemos dizer que pelos números, o desempenho é melhor. Mas grandes mudanças acontecerão. Isso porque, Rafinha era um líder no Flamengo. Outro ponto, é a diferença no estilo de jogo. Isla é um lateral mais ofensivo que o Rafinha, contudo, deixa a desejar na parte defensiva. Todavia, nada demais, pois Rafinha também não era nenhuma referência na marcação. Aliás, o desempenho do chileno é melhor, com uma diferença consideravelmente grande. O importante, é que Domènic Torrent saiba montar bem o sistema defensivo, o que ainda não aconteceu no campeonato brasileiro.

Isla no Flamengo de Domènic Torrent

Para tentar encaixar o lateral no estilo de jogo do Flamengo, Domenic Torrent pode ter certa facilidade. Como citado anteriormente, Isla é um jogador ofensivo. Dentro dessa característica, uma função dela pode se encaixar perfeitamente na filosofia de jogo do treinador catalão. Isla é um lateral que dá mais amplitude de jogo do que o Rafinha. É uma função que costuma fazer bem por onde passa, como mostra o frame abaixo, no último jogo do lateral pelo Fenerbahçe.

Amplitude, Isla.
Isla costuma dar amplitude para a equipe, do jeito que Domènic Torrent gosta.

Entretanto, para que o jogador seja mais efetivo, é preciso controlar as ações da equipe. O primeiro ponto, é que os volantes cubram bem suas subidas. No caso do Flamengo de Torrent, essa função pode ficar inclusive com os zagueiros. Vai depender do que o treinador tem em mente, pois ele já testou formações com funções bem diferentes nesses três primeiros jogos. A questão perigosa, é que Isla pode apresentar falhas cruciais em determinados momentos do jogo, onde sobe demais, e não recompõe a tempo. O frame abaixo, também do último jogo do lateral, ilustra essa falha na recomposição.

Recomposição, Isla.
A recomposição do jogador é uma preocupação para ficar de olho. Mas pode ser bem trabalhada.

Dá para ter uma noção do tamanho do buraco que o lateral deixa ao ficar sem a posse de bola no ataque. A zona destacada em vermelho, fica toda desprotegida, dependendo apenas de uma ação do volante, que pode acabar não adiantando muito se o jogador adversário agir rápido. Na imagem, a solução foi pressionar com dois jogadores. Um volante, e um meio de campo. Por sorte, o adversário errou na tomada de decisão.

Um problema para ser corrigido no Flamengo

Matérias Recomendadas:

O Isla sofre muita antecipação dos atacantes em bolas cruzadas na área de sua equipe. Inclusive, isso é um problema recorrente no Flamengo. Desde Jorge Jesus, Gustavo Henrique e Léo Pereira também se destacam negativamente por essa falha na marcação. No Flamengo, isso acontece principalmente em bolas de baixa altura, mas como Isla não é nenhum jogador alto, ele também acaba sofrendo em bolas aéreas. Por isso, Domènic precisa trabalhar bem o balanço defensivo, com uma boa flutuação das linhas rubro-negras.

Isla é um bom substituto para Rafinha?

  • Os atributos onde Isla vence Rafinha são: assistências, passes decisivos, grandes chances criadas e desarmes.
  • Os atributos onde Rafinha vence Isla são: acerto no cruzamento e menos dribles sofridos.

Como citado no início do texto, os números do chileno na Turquia são melhores do que os números do brasileiro no Brasil. Entretanto, é difícil concluir qualquer coisa dessa forma. O teste real será apenas quando vermos Isla atuando durante a temporada brasileira. Mas a efeito de comparação, o torcedor rubro-negro não precisa se preocupar. Isla é um jogador com boas passagens em seus clubes e ainda pode agregar ao Flamengo. A idade avançada não é nenhum problema, aliás, Rafinha também tinha idade avançada.

Portanto, Isla é um reforço a altura do que pretende o Flamengo. Cabe ao novo treinador saber utilizá-lo. Ele pode atuar tanto como lateral em uma linha de 4, como também pode atuar mais adiantado como ala, em uma linha de 5. O Flamengo não sofrerá nenhuma mudança absurda na equipe, apenas no estilo de jogo do novo lateral. Foi uma boa contratação pontual.

Daniel Dutra

Jornalista em formação e apaixonado por esportes. Juntei essas duas paixões para produzir conteúdo e valorizar a comunicação criando um portal para levar informação e gerar oportunidades.
Ler todas as publicações de Daniel Dutra
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments