CT do Botafogo.
Futebol, Futebol Nacional

Irmãos Moreira Salles assumem as obras do novo CT do Botafogo

Daniel Dutra
Siga-me

Após os irmãos Moreira Salles assumirem o novo CT do Botafogo, as obras no terreno estão avançando na primeira fase. Os campos profissionais estão ficando prontos e a expectativa é que o time possa treinar no local entre o segundo semestre desse ano e o primeiro semestre do ano que vem.


Nas últimas semanas do mês de abril, o assunto CT do Botafogo voltou a tona. Cansado da falta de transparência do clube, um torcedor filmou o terreno do centro de treinamento com um drone. Pelas imagens, a torcida pôde acompanhar um pouco de como anda as obras no local. Durante a semana da divulgação, a empreiteira Crol Terraplanagem, responsável pela parte dos campos e da demolição de estruturas, começou a divulgar imagens da obra em seu instagram.

Com a repercussão, o membro do Conselho de Futebol do Botafogo, Carlos Augusto Montenegro, veio a público esclarecer a questão do centro de treinamento do clube. Em entrevista para o canal do jornalista Venê Casagrande, Montenegro soltou o verbo.

“O CT é um presente dos mais valiosos que recebemos dos irmãos Moreira Salles…Não é o Botafogo quem está fazendo a obra. O Botafogo não teve capacidade de fazer essa obra, nem financeira, nem com pessoas. Que bom que ficou com eles. Estimo que até o final desse ano ou o começo do ano que vem ela fique pronta e a partir de 2021 treinaríamos lá. Os irmãos querem entregar uma coisa de primeiro mundo para a gente. Assim que der, o mais rápido possível.” – concluiu Montenegro na live.

Durante essa mesma live, o cartola alvinegro falou sobre valores e os problemas que atrasaram as obras. Contudo, para explicar melhor, falaremos sobre isso usando o projeto da empresa portuguesa Tecnoplano como um norte. A empresa é a responsável pelo projeto do CT do Botafogo. Experiente no assunto, ela fez o CT da Seleção Portuguesa e o CT do Benfica.

Novo Centro de Treinamento do Botafogo.
Planta do projeto feito pela Tecnoplano mostra como ficarão localizados os campos no centro de treinamento.

Os atrasos no CT

Diferente do restante do terreno que pertencia ao “Espaço Lonier”, a parte onde ficará os campos da equipe profissional não tinha todas as documentações legais, o que fez com que o anuncio oficial demorasse a sair, sendo divulgado apenas quando essas questões foram resolvidas.

Matérias relacionadas:

Depois disso, o Botafogo e os irmãos puderam enfim se preocupar apenas com o projeto. Como revelou Montenegro, o valor das obras (R$ 11 milhões) seria divido entre ambos, porém, o Botafogo não conseguiu entrar com sua parte do acordo, atrasando mais uma vez o início das obras.

Após o incêndio que matou 10 jovens no Ninho do Urubu, Centro de Treinamento do Flamengo, os irmãos Moreira Salles ficaram chocados com a tragédia e preferiram investir mais no projeto (R$ 25 milhões), tomando todas as precauções para que o que aconteceu no rival não aconteça no CT que está ligado ao nome deles. Com isso, o investimento aumentou e eles resolveram começar as obras sem a ajuda financeira do Botafogo.

Os campos profissionais estão ganhando forma

A primeira etapa das obras resume-se na “construção” dos campos de futebol. Primeiro, estão sendo feitos os 3 campos do time profissional, que também serão usados pela base enquanto os outros não ficam prontos.

No primeiro momento houve uma dificuldade por conta das pedras da floresta, que serviam como uma espécie de correnteza para a chuva que alagava a área onde ficam os campos. Após estudar o projeto e colocar a mão na massa, a empreiteira Crol resolveu esse problema.

Na imagem abaixo, fizemos uma comparação de como era o antigo espaço que foi legalizado e como ele está no momento, com as obras em andamento. É notória a diferença, inclusive, é possível ver o primeiro campo se formando. Até a publicação dessa matéria, dois campos entraram na fase de espera do plantio da grama.

Imagens aéreas comparam o CT do Botafogo antes e durante a chegada dos irmãos Moreira Salles.
Imagens aéreas comparam o antes e o agora da área onde ficarão os 3 campos principais.

Como podemos ver na primeira imagem, onde destacamos em vermelho, a área onde estão sendo feitos os campos dos profissionais era irregular e com árvores pelo terreno. O que não aparece na imagem, é que já haviam ali alguns campos de futebol, porém, bem distantes do profissional. As dimensões eram aleatoriamente alternadas de acordo com o espaço que a natureza permitia.

Inclusive, esse é um dos motivos pelo qual os irmãos Moreira Salles tiveram que ter calma para legalizar. O Centro de Treinamento é cercado por Mata Atlântica, floresta que requer todos cuidados ambientais por estar cada vez mais escassa em nosso país.

CT para as Categorias de Base

Apuramos sobre o trabalho que está sendo regido pela empreiteira Crol. Como já citado, a empresa será responsável pela construção dos campos. Mas para isso acontecer, o Botafogo terá que demolir a estrutura presente na parte inicial do terreno. Isso se deve por conta da construção dos 4 campos da parte de baixo, que contará com um campo de grama sintética e outros 3 campos semi-oficiais para as categorias de base.

Em mais uma comparação, mostramos na imagem abaixo as estruturas que serão demolidas para a construção dos campos de acordo com o projeto da Tecnoplano. No Espaço Lonier, os campos eram totalmente separados uns dos outros. Agora, no CT do Botafogo, ficarão alinhados, dividindo apenas a base do profissional.

Projeto da Tecnoplano mostra que estruturas serão demolidas no CT do Botafogo.
As áreas selecionadas em vermelho são as estruturas que serão demolidas.

As áreas em verde na primeira foto são os dois campos atuais da parte de baixo do CT, no sentido horizontal. No projeto da empresa portuguesa, a intenção é demolir as estruturas presentes (piscina, igreja, quadra poliesportiva, etc) – selecionadas em vermelho – e adicionar mais dois campos, sendo os 4 no sentido vertical. A expectativa é que essas obras comecem quando os campos de cima terminarem de vez. Por falta de uma resposta da Crol Terraplanagem, não sabemos se a demolição será feita por eles, mas tudo indica que sim.

Terminando a construção dos últimos campos, finaliza-se a primeira grande etapa. Com isso, o Botafogo já poderá dizer que possui um centro de treinamento. Todavia, ainda não podemos afirmar se ele será utilizado integralmente ou se servirá apenas como campo de treinamento.

Para a parte de hospedagem, academia e refeição dos atletas e comissão técnica, o prédio principal já dispõe dessa e outras estruturas, como administração, auditório, salões e outros espaços integrados. Entretanto, esse alojamento precisa de reparações basicamente na parte elétrica e na parte de segurança.

Previsões para o novo do CT do Botafogo

Obras no CT do Botafogo.
A Empreiteira Crol Terraplanagem vem divulgando semanalmente no instagram imagens das obras nos campos.

Como disse Montenegro, a expectativa é que o Botafogo comece a treinar entre o segundo semestre desse ano e o primeiro semestre do ano que vem. Os três campos principais devem ficar prontos até o final de agosto, dependendo apenas da qualidade do gramado. A parte de baixo que dependerá de demolições, só deve ficar pronta no ano que vem.

Veja algumas das mais de 20 imagens divulgadas pela empreiteira Crol:

Quando o novo Centro de Treinamento estiver pronto, a ideia é que o Botafogo devolva o Estádio Caio Martins para a Prefeitura de Niterói. A intenção é diminuir a quantidade de sedes e deixar o futebol apenas com o Estádio Nilton Santos e o novo CT. Seria uma forma de passar o bastão para a Botafogo S.A. Com isso, a parte administrativa e tudo que envolve o futebol ficará nesses dois lugares.

Portanto, um passo gigantesco na história e na estrutura do clube está sendo dado graças aos irmãos Moreira Salles. Mais uma vez. O acordo inicial que o Botafogo devolveria o investimento da compra do terreno em 30 anos agora já não está tão nítido assim. Nem mesmo Montenegro consegue dizer como ficará essa situação. Contudo, a vontade de ajudar dos irmãos têm permitido o Botafogo sonhar.

Daniel Dutra

Jornalista em formação e apaixonado por esportes. Juntei essas duas paixões para produzir conteúdo e valorizar a comunicação criando um portal para levar informação e gerar oportunidades.
Ler todas as publicações de Daniel Dutra
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments