Estádio em Chernobyl. Crédito: Mark Hakansson
Futebol, Futebol Internacional

Avanhard nunca foi inaugurado, mas existiu futebol em Chernobyl e Pripyat

Daniel Dutra
Siga-me

Completando 34 anos, o maior acidente nuclear da história alterou para sempre a vida em Chernobyl e na cidade de Pripyat. Na época da explosão, a população vivia a expectativa da inauguração de um estádio no local. Em forma de homenagem, times foram criados e o estádio virou ponto de visitação, mas nunca recebeu um jogo. O Avanhard Stadium seria um passo a mais para o futebol em Chernobyl e Pripyat.


Acompanhando a evolução da União Soviética nos anos de 1970, a cidade de Pripyat buscava se consolidar na região que hoje é conhecida como Ucrânia. Para se popularizar, o FC Stroitel Pripyat foi criado para representar a cidade no esporte mais popular do mundo. O time era basicamente formado por atletas e trabalhadores de Chernobyl, Pripyat e de alguns vilarejos próximos às duas cidades ucranianas.

No início, a modesta equipe competiu em campeonatos semi-profissionais, da própria região. O primeiro grande salto foi na década seguinte, mais precisamente em 1981, quando começou a competir na liga regional de Kiev, que era a etapa intermediária para conseguir acesso a terceira divisão do campeonato soviético. Enquanto isso, o melhor resultado foi uma segunda colocação em 1985, o que ainda não lhe rendia o objetivo esperado. Ainda assim, esse resultado animou a torcida e o clube que, com a boa campanha, conseguiu apoio para a construção de um estádio na própria cidade de Pripyat.

Enfim um salto de qualidade gigantesco. O modesto clube que já contava com categorias de base começava a trilhar novos caminhos e gerava uma grande expectativa na cidade. As obras do novo estádio terminariam logo em 1986, o ano que tinha tudo para ser um dos mais especiais da história do clube e da própria cidade de Pripyat. Entretanto, o que aconteceu dias antes da inauguração, mudaria para sempre o rumo do time, da cidade, do país e do mundo.

1986, o ano da explosão

FC Stroitel Pripyat. Crédito: discover-chernobyl.com
O FC Stroitel Pripyat era formado por atletas e trabalhadores locais. Crédito: discover-chernobyl.com

Com o estádio para ser inaugurado em primeiro de maio, o futuro parecia promissor. Contudo, entre os dias 25 e 26 de abril, menos de uma semana antes, uma explosão na Usina Nuclear de Chernobyl cancelou qualquer festa no local. Primeiro, depois de 3 dias do acidente, as autoridades soviéticas evacuaram cerca de 50 mil pessoas de um raio de 10 quilômetros da usina, o que incluía Pripyat. Depois, por conta dos ventos que espalhavam radiação, essa zona aumentou para 30 quilômetros.

O Stroitel Pripyat jogaria uma partida válida pela Taça Regional de Kiev naquele dia 26, mas obviamente o evento foi cancelado. A nuvem radioativa contaminou o ar e o solo, eliminando qualquer possibilidade de manter o foco no futebol e espalhando radiação por outros países. Naquele momento, funcionários do clube faziam parte da usina, trabalhavam nela e estavam envolvidos com os projetos e as manutenções do local.

Por mais que as autoridades tentassem recuperar o estrago feito, não tinha mais jeito. A explosão da Usina de Chernobyl foi o maior acidente nuclear da história. As cidades de Chernobyl e Pripyat tiveram que ser abandonadas, acabando com qualquer sociedade e vida por ali. Com isso, o estádio que seria inaugurado após alguns dias e marcaria um avanço do esporte em Pripyat, nunca recebeu uma partida, nunca foi inaugurado.

O Avanhard Stadium nas lembranças do futebol em Chernobyl

Antigo Avanhard Stadium na época da construção.
Avanhard Stadium na época da construção.

O estádio que tinha capacidade para receber 5 mil pessoas, nunca lotou. Hoje ele é visitado por dezenas ou centenas de pessoas dependendo da época ou de eventos próximos da região. Como “sobrevivente” da tragédia, virou uma espécie de museu que serve como lembrança de um futebol que buscava seu espaço e acabou sendo interrompido.

Ainda naquela época, a cidade de Slavutich foi criada para abrigar as vítimas e trabalhadores. Com isso, o time de Pripyat se mudou para lá e virou o FC Stroitel Slavutich, que infelizmente não sobreviveu mais de dois anos depois. Como homenagem, outros clubes foram criados posteriormente, mas também sem sucesso. Histórias, sonhos e a luta não puderam ser transferidas assim.

Olhar o Avanhard Stadium sem vida humana e em silêncio absoluto mexe muito com a cabeça dos visitantes. Demora-se a reconhecer ali um campo de futebol, pois é um dos lugares que surpreendentemente mais foi recuperado pela natureza. O campo foi tomado por árvores e as plantas subiram pelas arquibancadas. Ainda que sem o verde do futebol, o verde da natureza preserva a memória do esporte.

Daniel Dutra

Jornalista em formação e apaixonado por esportes. Juntei essas duas paixões para produzir conteúdo e valorizar a comunicação criando um portal para levar informação e gerar oportunidades.
Ler todas as publicações de Daniel Dutra
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

1 Comentário
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments